Pular para o conteúdo principal

5 Dicas para Sair do Aperto Financeiro

1 - Saiba para onde seu dinheiro está indo


Antes de começar a economizar o ideal é que você saiba com o que está gastando seu dinheiro. Anote tudo o que você gastou neste mês. Faça uma divisão de categorias onde seu dinheiro está indo. Anote também separadamente as dívidas que ainda vão levar algum tempo para serem quitadas.


2 - Reduza ou quite sua dívida com o cartão de crédito


O cartão de crédito traz uma grande facilidade para quem o utiliza, sem sombra de dúvidas. Em alguns casos, entretanto, pode causar também uma grande dor de cabeça. Se você consegue utilizá-lo sem perder o controle, tudo bem, mas se não, tente quitar o quanto antes sua dívida e livre-se dele. Muitas vezes perdemos o controle por não termos noção de quanto já gastamos naquele mês.

Exagerar nas compras parceladas também é outro erro. Você compra algo e o divide em 12 vezes. Ao terminar de pagar você, muitas vezes nem se importa mais tanto com aquilo que comprou.


3 - Planeje seus gastos


Se você tem o sonho de comprar algo ou fazer uma viagem, planeje com antecedência. Digamos que você pretende comprar uma nova televisão por exemplo. Então veja mais ou menos quanto custa uma e procure saber que época do ano geralmente essa tv é vendida à vista por um preço mais em conta. Planeje quanto você terá que separar por mês para que você tenha esse valor nessa tal época. Pode parecer difícil esperar, mas quando você começar a planejar e a adquirir as coisas à vista e por um preço muito mais em conta verá que vale muito à pena.

Caso o sonho seja uma casa ou algo de grande valor, estude com atenção antes. Veja se seu orçamento realmente comportará esse gasto por um longo período. Depois vá atrás da forma de financiamento mais barata. Pesquise muito antes de dar esse passo.


4 - Poupe uma parte do seu salário


Tente separar todo mês uma porcentagem do seu salário. Pelo menos 10%. Deposite esse dinheiro e finja que ele não existe. Esse é um passo muito importante porque ele pode tanto servir para que você vá realizando alguns dos seus sonhos sem se enfiar em dívidas e também porque esse dinheiro pode te salvar em momentos difíceis.


5 - Escolha suas prioridades


Livre-se das coisas que causam gastos desnecessário e que não trazem alguma melhoria real para sua vida. Às vezes temos certas coisas como, por exemplo, tv a cabo, e não temos nem tempo de assistirmos alguma coisa. Eu digo, livre-se daquilo que está gerando despesa à toa. Se você assiste só alguns canais, reduza o pacote ou retire os pontos adicionais onde ninguém está assistindo.

Priorize aquilo que é importante e vá reduzindo gastos com coisa que não fazem a menor diferença pra você. Não fique comprando coisas sem parar. Contente-se um pouco com as coisas que você pode ter acesso gratuito na internet.



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

4 Ideias Negativas Sobre Dinheiro que Devemos Repensar

Ouvimos muita coisa negativa sobre dinheiro que acabamos tomando como verdade. Infelizmente isso acaba nos fazendo muitas vezes desanimar e nos impede de buscarmos nossas realizações.

O dinheiro foi muito estigmatizado e é usado muitas vezes de maneira errada. Listo aqui algumas ideias para que possamos repensar:

1 - O dinheiro é a raiz de todos os males
A Bíblia diz que o amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal. Mas isso não significa que o dinheiro em si é algo ruim.

Tudo depende de como você emprega o dinheiro. Ele é apenas uma ferramenta que pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal.

Se você gasta o seu dinheiro em coisas negativas ou prejudiciais para você ou para outras pessoas, então ele não está sendo convertido em nada de bom. Mas por exemplo, se você o utiliza para comprar coisas que satisfaçam suas necessidades ou da sua família como, por exemplo: casa, alimento, roupas, etc, então ele está cumprindo uma função altamente positiva.

Lembre-se que tudo varia de acordo …

Como Mudar Um Hábito

Talvez você esteja agora em um ponto da vida em que não se sente satisfeito com a situação em que você se encontra. Isso é muito comum. Faz parte do sentimento humano essa sensação de inquietude.

Saiba que muitas vezes acabamos nos adequando a uma rotina e nos prendendo a ela, mesmo quando estamos em uma situação desconfortável. Somente quando a situação se torna insustentável é que tomamos alguma atitude para mudar as coisas.

Agora, se você pretende tomar uma atitude que mude sua vida basta mudar um único hábito. Acredite, quando você altera um hábito ruim e o substitui por um positivo se torna mais provável que você mude muito mais de sua rotina.

De acordo com o livro: O Poder do Hábito de Charles Duhigg, nossas atitudes são reforçadas pelas recompensas que nos damos ao fazer alguma atividade. Nossas ações são determinadas por um ciclo:

Gatilho  --->   Ação   --->  Recompensa
Algo nos impulsiona ou nos lembra a ação a ser realizada. Realizamos a ação. Depois recebemos alguma r…